sábado, 13 de agosto de 2016

O CALDO ENTORNOU

Aí, em certo momento você se encontra em uma situação que nunca pensou estar. Parece sem saída. Parece definitiva. Enfim a sensação é de que as coisas ruíram. Nada mais tem sentido.

- O caldo entornou!!!

Quando olhamos mais para nós mesmos deixando o que está ao redor fora desta análise, erramos de forma brutal. Neste momento em que tudo se mostra contrário ao que queremos é que devemos olhar o todo. Quando nos inserimos no todo, ficará fácil verificar que nada é como se desenha nesta circunstância.

Se deixarmos as coisas acontecerem desta maneira, olhando apenas para nós mesmos, vamos entrar em um redemoinho negativo que nos levará de vez a este poço profundo: a depressão. É disto que falo aqui.

Então, para amenizar a situação em que acreditamos que nos inserimos:


- Pare!

Pare de dar valor ao que não tem importância relevante.
Pare de imaginar inimigos.
Pare de encontrar razões onde razões não existem.
Pare de cobrar de quem não tem como pagar.
Pare de sofrer e sentir dor sem ferimentos.
Pare de pensar que os outros estão errados.
Pare de guardar mágoas vencidas pelo tempo.
Pare de perder tempo imaginando o pior.
Pare de fugir dos problemas que são apenas seus.
Pare de se apegar ao passado.
Pare com a competição desastrosa e fútil.
Pare de se explicar tanto.

Apenas, tão somente apenas, viva; um pouquinho para você e, em porção generosa, para o outro. Não teremos tempo para desarranjos mentais.


Postar um comentário